PT  |   EN  |   FR
Raça de cavalos portuguesa, é um dos mais genuínos produtos deste país. As suas origens perdem-se no tempo, existindo evidências de que é montado há mais de 5000 anos. Esse facto, prova tratar-se do cavalo de sela mais antigo do mundo. Alia uma rara beleza à robustez, flexibilidade e docilidade. Desde há séculos, que os portugueses têm vindo a desenvolver esta sua...
Cavalo Lusitano
Puro sangue lusitano

Raça de cavalos portuguesa, é um dos mais genuínos produtos deste país. As suas origens perdem-se no tempo, existindo evidências de que é montado há mais de 5000 anos. Esse 
facto, prova  tratar-se do cavalo de sela mais antigo do mundo.
Alia uma rara beleza à robustez, flexibilidade e docilidade. Desde há séculos, que os portugueses têm vindo a desenvolver esta sua raça, utilizando-a com enorme sabedoria. Na realidade, a selecção deste cavalo não se pode dissociar de um vasto número de brilhantes cavaleiros que a ele se dedicaram ao longo da história, nem das notáveis obras literárias escritas sobre o tema. O  ”Livro de Ensinança de Bem Cavalgar Toda Sela”, escrito pelo rei D. Duarte no séc. XV, é o mais antigo tratado equestre europeu.
Nos tempos modernos, destacam-se o cavaleiro tauromáquico João Branco Núncio (1901-1976) e o mestre Nuno Oliveira (1925-1989), considerado o maior expoente da equitação clássica do séc. XX, e o grande divulgador da raça em todo o mundo.
Esta riquíssima cultura equestre, encontra-se ainda hoje bem patente, não só na equitação de tradição portuguesa, mas também nos trajes e arreios que o povo português tão bem soube preservar. Na realidade, Portugal é um autêntico “museu vivo” do Cavalo Lusitano.


puro1

img1

Esq: João Núncio (1901-1976) | Em cima: Nuno Oliveira (1925-1989)